8 maneiras de ganhar experiência profissional durante a faculdade

Tempo de leitura: 6 minutos

Depois de conquistar o grande sonho de entrar em uma boa universidade e dar início a um curso superior, muitas pessoas ficam preocupadas em começar a montar seu currículo. Nada mais natural, já que só uma graduação, muitas vezes, não é o suficiente para adquirir as habilidades necessárias para o trabalho desejado.

Para conseguir um emprego e uma boa colocação no mercado de trabalho, é fundamental garantir, também, certo nível de experiência profissional. O problema é que muitas empresas já pedem experiência para as principais vagas de emprego e estágio.

Para sair desse impasse, veja alguns caminhos que você pode seguir para desenvolver suas habilidades durante a faculdade. Vamos lá?

1. Monitoria na universidade

Se você é bom em uma matéria e gostaria de se destacar academicamente, por que não dar aulas de monitoria? Assim você consegue dar uma turbinada no seu currículo e desenvolve outras capacidades, como relacionamento interpessoal, gestão do tempo e a habilidade de discurso pontos muito relevantes para qualquer profissional, não é mesmo?

E não é só isso: você também se aproxima dos professores e pode acabar conquistando outras oportunidades ao longo da sua carreira por conta disso. Ou seja, dois problemas resolvidos em uma atividade só.

2. Trabalhos voluntários

Como você provavelmente não tem muita experiência de trabalho, pode ser difícil que consiga uma colocação no mercado com uma boa remuneração logo no início da sua graduação. Por outro lado, essa é a hora de aprender ainda que você não receba por isso.

Os trabalhos voluntários são uma excelente oportunidade para ganhar experiência profissional. Em um trabalho desse tipo você pode aprender muito, sem contar que pode somar muitos pontos ao seu currículo. Nada mais natural, já que revela um perfil um pouco mais altruísta e que você está mais preocupado com seu desenvolvimento que com um salário alto ou status.

3. Projeto de pesquisa

A própria universidade é um campo cheio de oportunidades (e poucas pessoas a exploram nesse sentido). Além da monitoria, você pode se envolver com os projetos de pesquisa e iniciação científica que, em alguns casos, vêm acompanhadas de bolsa-auxílio.

Além de contar muito no seu currículo, esse é um projeto que você trabalha com um professor e outros alunos, podendo criar laços e aumentar seu networking. Isso é bastante importante, principalmente para quem ambiciona uma carreira acadêmica. 

Para completar, você amplia seus conhecimentos e faz descobertas incríveis na sua área de atuação, podendo expandir muito o seu leque de opções.

4. Empresas Júniores

A Empresa Júnior é uma ótima forma de se envolver com a sua universidade. Além de aprender vários papéis do mundo corporativo (como a função de um analista, gerente, presidente e outros cargos), você desenvolve de modo acelerado.

Tudo isso sem contar que esse tipo de atividade é muito valorizada no mercado de trabalho. Muitas empresas consideram essa uma ótima experiência profissional, podendo abrir novas portas. Além disso, outros alunos que já foram envolvidos com as Empresas Júniores chamam os atuais envolvidos para trabalhar com eles. Um tiro certeiro para o seu desenvolvimento e crescimento, não é?

5. Estágios

Os estágios são muitos relevantes e as vagas seguem crescendo, sentindo pouco (ou quase nenhum) impacto da crise que assola o país. As oportunidades podem ser de curta, média ou longa duração e também oferecem um desenvolvimento acelerado.

Como você já está inserido em uma organização (e algumas vezes está até recebendo uma bolsa com ajuda financeira e/ou outros benefícios por isso), consegue perceber melhor como é a rotina e o que você precisa fazer para atuar. na sua área.

Vale lembrar que algumas empresas até oferecem um programa de treinamento e ainda efetiva os estagiários com um melhor desempenho, depois de um tempo de trabalho. Uma oportunidade sensacional, não é?

6. Trabalho na universidade

Como falamos, a universidade abre muitas chances para quem quer começar a carreira e melhorar o currículo. Você pode trabalhar na própria instituição, em cargos administrativos, na secretaria do curso ou ainda ajudando em algum setor, considerando sempre suas habilidades e interesses pessoais.

Você vai aprender muitas coisas novas e isso é valorizado no seu próximo estágio ou emprego. Além disso, a boa notícia é que esses cargos ainda costumam oferecer uma bolsa-auxílio, o que já é alguma ajuda.

7. Atividades extracurriculares

Em um mercado de trabalho cada vez mais concorrido, qualquer atividade extracurricular pode ser um grande diferencial e destacar você em meio a tantos concorrentes. Você pode se unir a outros grupos, fazer atividades dentro da sua área e continuar aprendendo a todo momento.

Além de fortalecer o seu networking, você dá uma turbinada em seu currículo. Alguns exemplos são: participar do DCE ou outra união estudantil; fazer aulas de teatro para melhorar a fala, postura e perder a timidez; fazer um curso básico de Excel, inglês e Photoshop, entre outro cursos adicionais. As oportunidades são muitas e sempre existem habilidades a serem melhoradas.

Todas essas atividades podem ajudar muito na sua colocação e mostrar que você tem conhecimentos e habilidades que podem somar muito. Acredite: elas serão determinantes para conquistar e construir a carreira que você tanto quer!

8. Bons contatos e um bom currículo

Algumas das melhores oportunidades da vida aparecem por meio de indicação ou contatos. Seja nas reuniões de trabalho ou até nos encontros mais informais  como happy hours e confraternizações —, aproveite essas oportunidades para estreitar os laços com pessoas da sua área. Você vai aumentar seus contatos e ainda pode potencializar as chances de garantir um emprego.

Somado a isso, um currículo bem montado pode ser um grande diferencial. Nele, você consegue revelar suas habilidades, gostos e até mesmo as experiências acadêmicas e profissionais. Organize tudo em ordem cronológica e surpreenda o recrutador.

Adotando essas medidas, você fica mais próximo de garantir uma experiência profissional e, aos poucos, descobrir também qual é a área do curso que você gostaria de atuar. Todo curso oferece caminhos de especializações e é bom descobrir em qual deles você se encaixa melhor e fica mais confortável.

Só a vivência pode revelar o que você quer (e o que não quer também). Se você ficou com alguma dúvida ou ainda conhece outro caminho para ganhar experiência profissional, não deixe de compartilhar com a gente no espaço abaixo. Até a próxima!

Sobre UniBH

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *