9 dicas para um bom networking na faculdade

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

O dicionário Oxford Escolar de inglês traduz networking como rede, interligar ou fazer uma rede de contatos. No entanto, o networking vai um pouco além do significado dado no dicionário, pois não se trata apenas de construir uma rede de contatos, mas de desenvolver um relacionamento benéfico, honesto, autêntico e que traz pontos positivos para todas as pessoas envolvidas no processo.

O networking não pertence apenas ao glossário de executivos ou de quem está no mercado de trabalho. Ele deve ser criado desde cedo, nos corredores da universidade, no intervalo das aulas, no café, no almoço e, principalmente, em palestras e em eventos acadêmicos.

Se você não sabe por onde começar a sua rede, fique tranquilo; venha com a gente e confira nove dicas para construir um bom networking!

1. Seja ativo dentro da universidade

Participe das reuniões do Centro Acadêmico, se informe sobre as propostas do movimento estudantil. Participe de palestras oferecidas na faculdade, de filmes, de rodas de conversa e também de eventos culturais promovidos pelos estudantes do seu curso.

Mas não se envolva apenas com eles. Procure conhecer pessoas de outros cursos também. Um jornalista, por exemplo, pelo menos uma vez em sua vida profissional, vai precisar do trabalho de um designer, de um fotógrafo ou de um editor. Amplie seus horizontes.

2. Seja ativo fora dela também

Quantos cursos de Direito existem em sua cidade? Certamente, você respondeu mais de um. Então, por que restringir conhecer pessoas apenas da sua faculdade?

Criar um networking fora de sua instituição é uma excelente forma de estruturar uma rede diversa e também de ser reconhecido. Sempre que possível, tente participar de eventos em outras instituições de ensino.

3. Participe das semanas acadêmicas

As semanas acadêmicas são organizadas por estudantes e trazem à tona temas que estão em voga na profissão. Esses eventos costumam ter palestras de profissionais de referências da área de atuação, mesas redondas, debates e discussões.

Além de ser um ótimo espaço para você conhecer a realidade da sua profissão, você pode também conhecer quem atua na mesma área, estudantes que estão chegando e também os que estão saindo da universidade.

4. Conheça seus professores

Não enxergue seus professores apenas como a autoridade máxima dentro da sala de aula; tenha um convívio com eles fora dela. Procure conhecer a linha de pesquisa em que eles trabalham e os artigos acadêmicos que já escreveram.

Saber bem o que faz cada um de seus mestres faz com que você consiga, por exemplo, escolher alguém mais apto para lhe orientar no Trabalho de Conclusão de Curso e também aqueles professores que avaliarão seu trabalho no dia da banca.

Além disso, alguns professores conservam um bom relacionamento com escritórios, empresas e laboratórios. Se você conseguiu se destacar em sua aula ou passou um pouco mais da simples relação professor/aluno, com certeza, ele lembrará de você na hora em que precisar indicar alguém para uma vaga.

5. Dedique-se aos relacionamentos

Todo relacionamento precisa de dedicação e, com o seu networking, não seria diferente. Tire alguns minutos do seu tempo para ajudar um colega que está com dúvidas em algum trabalho.

Participe de fóruns de discussão, crie grupos nas redes sociais para trocar experiências. Mas tome cuidado ao se envolver em questões polêmicas nesses espaços.

6. Crie um perfil no LinkedIn

O LinkedIn é a rede social perfeita para quem quer expandir seu networking. A plataforma tem mais de 20 milhões de usuários só no Brasil e, nela, é possível aumentar conexões profissionais, seguir influenciadores, participar de grupos de discussão de áreas de seu interesse, procurar empregos, ler notícias a respeito de economia, política e atualidades.

Entretanto, tome cuidado ao preencher o seu perfil: a ponderação deve ser a mesma que você tem ao escrever seu currículo. Lá, pode ser o seu primeiro contato com um possível entrevistador.

Além disso, no LinkedIn, você pode listar as áreas em que você tem experiências e pessoas da sua rede podem recomendar você por suas aptidões. O que você está esperando para criar o seu perfil agora mesmo?

7. Faça um estágio

Alguns cursos têm estágios obrigatório, outros não. Porém, mesmo que em sua área o estágio não seja essencial, é importante para sua carreira que você faça um.

Se você ainda não quer entrar no mundo corporativo, conheça os programas da sua faculdade, pois é comum as instituições de ensino superior oferecerem bolsas para alunos trabalharem em rotinas administrativas, na biblioteca ou, até mesmo, no desenvolvimento de atividades ligadas à sua área de atuação.

O estágio ajuda você a ter mais responsabilidades, promove a oportunidade de colocar em prática a teoria da sala de aula, permite o intercâmbios de novas ideias e, claro, amplia o networking.

8. Participe de coffee networking

Convide sua rede de contatos para conversar sobre sua área de interesse, para trocar ideias e experiências. A colunista da Forbes, Lyz Ryan, escreveu que o ideal é começar por pessoas que estão mais próximas a você. E a pergunta que vem em seguida é quase automática: “Como quero expandir meu networking e vou beber café com meus amigos?”.

Segundo ela, seus amigos por mais que sejam próximos, não sabem direito com o que você trabalha ou com o que você pretende trabalhar depois de formado. Iniciar o coffee networking com seus amigos, faz com que você se acostume a falar sobre seu trabalho e seus anseios profissionais e, a partir dessa iniciação, você estará apto a participar de eventos, cujo o único objetivo é ampliar a rede de contatos.

9. Tenha mestres

Ao criar seu networking, não se esqueça que o objetivo principal é manter contato com influenciadores da área em que você pretende atuar. Conheça as pessoas que são referência em seu campo de atuação e siga seus perfis no Facebook, no Twitter e no LinkedIn.

Saber o que essas pessoas andam falando e manter contato com elas é o primeiro passo para sua orientação profissional e para o crescimento de sua rede de contatos.

E você, o que anda fazendo nos corredores da faculdade para ampliar seu networking? Deixa seu comentário e venha trocar uma ideia conosco.

Sobre carlos.camara

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *