É possível transformar um hobby em carreira profissional?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Um hobby é aquela atividade que você pratica por puro prazer e diversão, algo que te proporciona bons momentos e te faz se sentir bem consigo mesmo. Mas, quando bem executadas, essas atividades podem te render uma boa grana extra ou até mesmo podem virar uma carreira profissional!

Se esse é o seu sonho, confira quais são os passos necessários para transformar aquele hobby que você tanto gosta em uma carreira profissional de sucesso.

Pense bem no assunto

Antes de tudo, um hobby, geralmente, é também uma atividade que te alivia do estresse do dia a dia. Então, antes de pensar em levá-lo como uma profissão, é importante ter consciência que ele pode deixar de ser sua válvula de escape. Vale colocar na balança: você está disposto a arriscar?

Outro ponto que você precisa pensar é que não é só por ser uma atividade prazerosa que você pode deixar de dar a devida atenção a ela. Assim como todo trabalho comum, é preciso ter responsabilidade, comprometimento, investimento e dedicação.

Além disso, você terá muitas dificuldades e vários desafios no começo de sua jornada, o que pode ser desmotivador e, até mesmo, pode te fazer pensar em desistir de tudo. Se você tem consciência disso e quer ir em frente, então, continuemos com as dicas.

É possível ter um hobby como profissão?

Sim, é possível! No entanto, é necessário conhecer bem os prós e os contras que a área que você quer ingressar oferece.

É preciso avaliar se trabalhar com seu hobby te trará retorno financeiro, já que, às vezes, por mais que seja uma atividade que você goste muito, ela pode não ser suficiente para que você tenha uma renda adequada para pagar suas contas.

Como começar?

Uma dica importante é começar investindo como se fosse um trabalho extra. Por exemplo: você trabalha na área contábil, mas o que gosta mesmo é de cozinhar? Busque fazer alguns pratos específicos — os que tenha mais facilidade ou que goste de fazer — e comece vendendo em lugares com boa circulação de pessoas, em seu atual trabalho ou, até mesmo, na internet em seu horário livre.

Dessa maneira, você consegue perceber, aos poucos, se a atividade traz retorno e se é algo que você realmente conseguiria levar em frente caso fosse preciso largar seu emprego atual.

Invista em aperfeiçoamento

Por mais que você seja bom em algo e goste de fazê-lo, é importante buscar por cursos e por treinamentos que possam aperfeiçoar seu talento natural. Com eles, você conhecerá novas técnicas e métodos que vão otimizar o seu tempo de trabalho, além de tornar você um profissional mais capacitado para o mercado.

Comece com especializações básicas e, conforme você for avançando em conhecimento, poderá até mesmo investir em uma graduação relacionada ao seu hobby. Dessa maneira, você já sairá da faculdade fazendo o que gosta e — o melhor — estará totalmente capacitado para o mercado de trabalho!

Além disso, busque também, em seu tempo livre, vídeos e materiais na internet que te deem mais informações técnicas sobre aquela atividade que você gosta e vá praticando em casa enquanto essa atividade não se torna um trabalho sólido.

É interessante que você veja também documentários de pessoas que realizam o trabalho que você quer praticar, pois, dessa maneira, você encontrará inspirações e se sentirá motivado a chegar onde essas pessoas chegaram fazendo atividades que, no início, eram apenas lazer.

Tenha os materiais necessários

Ao decidir investir em um hobby como profissão, é importante entender que, para oferecer os seus serviços, você precisará investir em materiais de qualidade para realizá-los.

Por exemplo, se você gosta de fotografar e quer seguir carreira nessa área, tem que estar ciente que não é possível usar um material mediano, já que suas fotos podem não ter a qualidade que você espera.

E isso vale para todas as áreas. Quanto mais materiais adequados você tiver, mais profissional o seu trabalho ficará e mais pessoas dispostas a pagar por ele aparecerão.

Outra dica é buscar grupos online relacionados à área que você escolheu ingressar. Por exemplo, se você gosta de artes plásticas, busque por grupos com pessoas que tenham seu perfil e troque suas experiências, suas ambições e suas expectativas com elas. Quem sabe daí não acaba, até mesmo, surgindo uma parceria que possa render uma boa grana extra?

Faça contatos

Se após todos esses passos, você estiver certo do que quer seguir, mesmo com algumas dúvidas, busque falar com pessoas que já trabalham nessa área que você quer ingressar.

Converse com elas sobre as atividades que realizam, quais as maiores dificuldades que encontram no caminho, o que é preciso para se tornar um bom profissional nessa área e como eles fazem para se dar bem na profissão.

Caso você tenha intimidade com a pessoa, busque pedir por indicação de lugares que estejam atrás de aprendizes para que, dessa maneira, você já comece a trabalhar na área e seja devidamente remunerado por isso.

O melhor é que, além de fazer o que gosta, você vai aprender com pessoas que já fazem o mesmo que você há muito tempo e, assim, vocês poderão compartilhar muitas experiências.

Monte cases

Agora que você já fez cursos e praticou um pouco mais de seu hobby profissionalmente, está na hora de mostrar ao mundo o seu trabalho! Para começar na área escolhida, é importante que você tenha uma amostra do que você pode realizar.

Vamos supor: se você gosta de pintar e quer transformar sua arte em profissão, pegue suas melhores obras e as divulgue em páginas relacionadas na internet. Uma boa dica é começar fazendo trabalhos gratuitos para seus amigos e usando-os depois como cases.

Dessa maneira, as pessoas poderão conhecer um pouco do seu trabalho e você terá um material disponível na hora que for se candidatar a alguma vaga referente a essa área que você pretende ingressar.

E aí? Está preparado para transformar seu hobby do dia a dia em profissão? Se você gostou do nosso texto e quer mais dicas de carreiras e profissões, assine nossa newsletter e fique por dentro de todas as nossas novidades!

 

Sobre UniBH

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *