Por que os Millennials estão transformando o mundo dos negócios?

Tempo de leitura: 6 minutos

A internet alterou o modo como nos relacionamos, e a maior prova disso são os chamados Millennials, também conhecidos como geração Y. Nascidos a partir do início da década de 1980, eles viveram toda a revolução tecnológica que ampliou o acesso à informação e, por isso, têm maneiras bem diferentes de encarar estudos, sucesso e trabalho.

Essas diferenças estão forçando empresas a buscarem novos meios para atrair e reter talentos entre os Millennials. O mercado, hoje, precisa adaptar o modelo de trabalho para conseguir extrair o máximo do potencial de uma geração muito bem formada, que até 2025 corresponderá à maioria da força de trabalho no mundo. 

Entendendo as diferenças

A geração Y, que nasceu ou cresceu no mundo digital, é sedenta por novidades. Para eles, o modelo de ensino tradicional é pouco atrativo. Essa geração busca informações na internet, aprende por meio de vídeos e outros conteúdos que vão muito além da sala de aula e, assim, transforma a relação aluno-professor. 

Com uma grande oferta de informações gratuitas, os Millennials também se destacam pela busca constante por atualização. Eles aprenderam com seus pais sobre a importância de se desenvolverem academicamente para conquistar melhores posições. 

Os Millennials também são mais exigentes e buscam no ensino superior não apenas a preparação para a carreira escolhida, mas também uma oportunidade para desenvolverem sua inteligência emocional e, com isso, estarem aptos a se tornar profissionais e líderes melhores.

Os negócios e os Millennials

Para as empresas, essa geração pode representar uma oportunidade ou um desafio. Inicialmente, é preciso explicar que, ao contrário das gerações anteriores, os Millennials não têm o desejo de permanecer anos em uma mesma corporação, e dão um peso diferente a dinheiro e bens materiais.

A mudança no estilo de vida desses jovens é significativa. Eles abandonaram o consumismo, preferindo viver experiências a comprar cada vez mais e acumular bens, como seus pais. Para os Millennials, o essencial é ter dinheiro para viver uma vida confortável, sem exageros, mas cheia de significado.

Essa vida menos rígida e mais fluida também produziu uma geração mais criativa e — por que não? — altamente lucrativa. Empresas como Facebook e Google deixam isso muito claro: uma ideia inovadora, somada à atitude empreendedora, simboliza o sonho de carreira — e de vida — dos Millennials.

Não é surpreendente que uma pesquisa realizada pela Deloitte tenha mostrado que 24% dos homens e 13% das mulheres da geração Y consideram as empresas do setor de tecnologia, mídia e telecomunicações como as mais atrativas para trabalhar.

Outra mudança significativa no modo como os Millennials vivem está na necessidade de sentir satisfação com o trabalho. O sentimento também influencia no coletivo: essa geração fica feliz em saber que está colaborando para melhorar o mundo ao atuar em organizações com preocupações sociais.

No entanto, a mesma pesquisa mostra que, na visão da geração Y, 75% das empresas estão preocupadas apenas com seus próprios objetivos. Não à toa, essa crença leva a uma grande rotatividade entre a força de trabalho mais jovem.

Quando estão insatisfeitos profissionalmente, os Millennials não têm medo de arriscar tudo e buscar uma ocupação mais alinhada com suas crenças e visão de mundo. Em muitos casos, isso os leva ao empreendedorismo.

Um mundo em transformação

Para se adaptar a essa força de trabalho em ascensão, algumas empresas já estão preocupadas em revolucionar o modo como conduzem seus negócios, oferecendo planos de carreira mais atrativos e dando espaço para que os Millennials utilizem seu potencial inovador.

O primeiro passo é trabalhar o reconhecimento e desenvolvimento das ferramentas de liderança desses profissionais. A pesquisa da Deloitte revelou que muitos se sentem subaproveitados em seus empregos, o que pode leva-los a buscar um trabalho mais satisfatório. 

É preciso lembrar, no entanto, que o estilo de liderança que esses jovens buscam também é diferenciado. O modelo de líder bem-relacionado já não é mais o padrão: a geração Y admira pessoas com talento estratégico, visionárias, que tenham atitudes inspiradoras e saibam tratar bem os demais funcionários. 

Além disso, é preciso flexibilizar as noções hierárquicas. Acostumada a dar opiniões nas redes sociais, essa geração gosta de ser ouvida dentro das organizações e gosta de ver suas ideias postas em prática. Se a empresa não estiver preparada para analisar e considerar suas sugestões, pode perder esses talentos para a concorrência.

É essencial que haja uma real preocupação com questões sociais e ambientais. Apoiar verdadeiramente uma causa e sempre considera-la nos objetivos da empresa ajuda a engajar os profissionais da geração Y, agregando sentido ao seu trabalho.

Competindo com Millennials: como ser um bom profissional

Do ponto de vista dos jovens, competir em um mundo permeado de profissionais da geração Y pode ser um desafio e tanto. São eles os responsáveis por levar às empresas proatividade, dinamismo e inovação, características que tanto aparecem como pré-requisitos para as vagas do mercado de trabalho.

Para ter um bom currículo nesse cenário, o jovem terá que se esforçar para ir além do básico. Atualizações frequentes — seja em uma graduação, pós-graduação, cursos de extensão e línguas — são necessárias para mostrar que você se interessa em conhecer as novidades e evoluções do setor em que atua.

Para conseguir cargos de destaque, será preciso trabalhar com afinco. Um dos pontos fracos dessa geração é a distração com redes sociais e o hábito de procrastinar e demorar a executar tarefas. Aqueles que tiverem a capacidade de se concentrar nas  suas obrigações e a determinação para atingir metas têm mais chances de se destacar na carreira.

Ter capacidade de resistir à pressão também é um diferencial importante. A árdua competição entre os profissionais por cargos de liderança fará com que as cobranças sejam maiores; por isso, manter a calma nos momentos críticos pode ajudar a ter mais eficiência e sucesso.

Aqueles que desejarem uma vida mais simples — outra tendência própria dos Millennials — provavelmente buscarão novos caminhos nesses momentos mais intensos. Essa pode ser a chance de você conquistar sua promoção.

Agora que você já sabe como os Millennials estão transformando o mercado, confira as 7 carreiras que mais trazem satisfação profissional!
 

Sobre carlos.camara

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *