Quais são os cursos de graduação tecnológica mais valorizados?

Tempo de leitura: 6 minutos

Segundo a empresa inglesa de recrutamento Michael Page, em ano de apreensões no mercado de trabalho, as posições que absorvem novas atribuições nas organizações, reduzindo gastos e melhorando a eficiência, vão ser mais valorizadas. Ainda de acordo com a companhia, os empreendimentos estão priorizando profissionais que têm mais experiência e que conseguem agregar valor ao negócio.

Se você quer saber quais são os cursos de graduação tecnológica mais valorizados do mercado e fazer uma escolha assertiva, confira este post.

Qual é a diferença entre um curso tecnológico e o bacharelado?

Há três diferenças essenciais entre um curso tecnológico (ou tecnólogo) e o bacharelado. A primeira delas está na duração. Geralmente, o bacharelado dura entre 4 e 6 anos; o tecnológico tem uma duração média de 2 a 3 anos.

A segunda diferença está na grade curricular: no bacharelado, o currículo é mais abrangente, envolvendo disciplinas práticas e teóricas; o tecnólogo, por outro lado, é mais focado nas necessidades do mercado de trabalho, com mais disciplinas práticas em relação às teóricas.

A terceira diferença se relaciona à nomenclatura e à classificação. No bacharelado, os cursos são organizados em áreas — como Ciências Humanas, Exatas e Biológicas. Já os cursos tecnológicos são classificados segundo o tipo de trabalho a ser desenvolvido. De acordo com o Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia do Ministério da Educação (MEC), há 13 eixos:

  • Segurança;

  • Recursos Naturais;

  • Produção Industrial;

  • Produção Cultural e Design;

  • Produção Alimentícia;

  • Militar;

  • Infraestrutura;

  • Informação e Comunicação;

  • Hospitalidade e Lazer;

  • Gestão e Negócios;

  • Controle e Processos Industriais;

  • Apoio Escolar;

  • Ambiente e Saúde.

Para obter uma formação mais específica no bacharelado, você deve procurar por habilitações ao longo da faculdade. Já no tecnólogo, o nome do curso indica a especialidade que ele pretende atender.

É importante frisar que tanto o curso tecnólogo quanto o bacharelado são considerados como nível superior, podem ser encontrados em universidades e faculdades privadas e públicas, estão disponíveis nos formatos e distância (EAD) e presencial e conferem diploma de ensino superior.

Quais são os benefícios de uma graduação tecnológica no mercado de trabalho?

Por terem uma carga de disciplinas práticas maior, além de uma duração menor, os cursos tecnológicos têm grande aceitação no mercado. Além disso, esses cursos têm um diálogo constante com as novidades mercadológicas, permitindo que os alunos se atualizem rapidamente.

O perfil vai de encontro aos anseios do mercado, que se tornou mais dinâmico nas últimas décadas, necessitando de profissionais cada vez mais especializados e diversificados.

Quais são os cursos de graduação tecnológica mais valorizados do mercado?

Para montar a nossa lista, seguimos levantamentos sobre as profissões mais estimadas do mercado, segundo dados de 2015 e 2016, retirados de sites como o Love Mondays. São elas:

Arquitetura de TI

Responsável por levantar soluções, padrões e definir camadas de software, o arquiteto de TI define também como as camadas de software se comunicam, ajudando no processo de inovação das empresas. Para isso, é necessário ter habilidades em Ciências da Computação e Engenharia.

Engenharia de óleo e gás

O engenheiro de óleo e gás planeja e coordena as atividades que integram as jazidas de petróleo e produção de óleo e gás. Por isso, exploração, transporte, comercialização, distribuição, bem como o processo de logística, fazem parte do cotidiano do profissional. Para ingressar na área, é necessária uma formação em Engenharia de Petróleo, Mecânica ou Exploração.

Gerência de planejamento financeiro

Responsável pelo desenvolvimento das questões econômicas da empresa, o gerente de planejamento financeiro desenvolve relatórios econômicos do empreendimento, avalia investimentos e gastos que podem ser cortados e assegura que o negócio cresça de forma sustentável. A profissão necessita de pessoas com formação em Matemática e Finanças, Economia, Administração e Ciências Contábeis.

Gerência de e-commerce

O profissional de gerência de e-commerce se responsabiliza por processos de logística e de compra e venda de produtos pela internet. Ele também define o design organizacional e os processos de pré e pós-venda, estruturando salários, responsabilidades e equipes. Para atuar na profissão, é preciso ter formação em Marketing, Economia ou Administração.

Mídias sociais

O profissional desta área fica encarregado de cuidar da imagem de uma empresa na internet, desenvolvendo planos de comunicação e marketing, conteúdo e cuidando da comunicação da empresa por meio das mídias sociais. Para atuar na área, uma formação em Comunicação, Publicidade ou Marketing é bem-vinda.

Desenvolvimento Mobile

O desenvolvedor mobile se responsabiliza pela programação, codificação, teste e desenvolvimento de aplicações para sistemas móveis. Dessa forma, ele atua junto de arquitetos de software. É preciso ter habilidades em tecnologia e linguagem de programação.

levantamento da Michael Page traz novos dados sobre as profissões mais valorizadas. São elas:

Coordenação de infraestrutura

O gerente ou coordenador de infraestrutura se responsabiliza pela gestão de infraestrutura de TI, tais como o suporte, data center e telecomunicações. Afinal, a infraestrutura de TI afeta a eficiência operacional da empresa, reduzindo custos. Para atuar na área, é preciso ter formação em Ciências da Informação ou Sistemas de Informação. Uma pós-graduação faz toda a diferença!

Gerência ou coordenação de plataformas mobile e web

Este profissional lidera equipes de desenvolvedores de ferramentas web e aplicativos, aproximando o usuário da empresa. A valorização da profissão se deve à migração dos pontos de vendas e do relacionamento com os clientes para plataformas on-line. Conhecimento em Java, Groovy, iOS e Android são bem-vindos.

Gerência tributária

O gerente tributário vai garantir que as obrigações fiscais estejam em dia, fornecendo consultoria tributária, estudando regimes especiais, estudo de incentivos e novas legislações. Assim, ele ajuda a melhorar a eficiência do negócio e a reduzir a carga tributária. Pudera, o atual governo deseja enfrentar a crise financeira aumentando a arrecadação de impostos, o que acarreta em mudanças frequentes na legislação brasileira. Ficou interessado? Para atuar na área, é preciso uma formação em Ciências Contábeis ou Direito, garantindo uma especialização em direito tributário e domínio em inglês.

E então, nosso pequeno guia de profissões ajudou a nortear a sua decisão sobre o vestibular? Fique atento: para fazer uma escolha assertiva, é preciso ir além das tendências de mercado e do salário. Procure observar que áreas chamam a sua atenção e quais habilidades você acredita estar mais apto a desenvolver.

Para receber mais dicas sobre cursos de graduação tecnológica e novidades sobre o mundo universitário, siga as nossas páginas nas redes sociais!

Sobre UniBH

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *