Saiba se o curso de nutrição tem a ver com o seu perfil

Tempo de leitura: 6 minutos

Nutricionistas são profissionais cada vez mais requisitados em nossos dias, aptos para atuar em diversas áreas em que a alimentação e a nutrição sejam fundamentais para a promoção, preservação e recuperação da saúde.

Além disso, o curso de nutrição prepara pessoas para trabalharem em diversas áreas do mercado, seja clinicando, desenvolvendo novos alimentos, dietas, analisando ingredientes de produtos, etc.

Se você também está com vontade de embarcar nessa área, preparamos um conteúdo todo especial, mostrando os perfis que estão de acordo com as características do trabalho, além de mostrar diversas formas de atuação. Quer conhecer? Então, continue acompanhando nosso post!

O perfil do profissional de nutrição

No ano de 2005, o próprio Conselho Federal de Nutricionistas realizou uma pesquisa no mercado, traçando o perfil dos profissionais atuantes. Segundo os dados colhidos, mostrou-se que:

  • A maioria desses profissionais atuam nas capitais brasileiras;
  • A maior atuação está na especialidade de Nutrição Clínica (41,7%) e, logo sem seguida, vem a Nutrição Coletiva, com 32,2% dos nutricionistas;
  • A faixa etária dos profissionais atuantes está entre 26 e 40 anos;
  • 96,5% dos nutricionistas é do sexo feminino.

Porém, atualmente, com a disseminação dessa área e a grande procura por esses profissionais, quando as pessoas vêm se preocupando cada vez mais com a saúde e com o que ingerem, acreditamos que sua atuação já está muito mais difundida entre o público em geral.

Habilidades de quem procura o curso de nutrição

Para você que se interessa pela área e quer se tornar um nutricionista, listamos, abaixo, algumas das habilidades que o mercado exige desses profissionais:

  • Aptidão para a ciência;
  • Boas habilidades de comunicação verbal, de escrita e apresentação;
  • Paixão, entusiasmo e empatia com outras pessoas;
  • Capacidade de encorajar e motivar os outros;
  • Habilidade para trabalho em equipe;
  • Capacidade de executar várias tarefas e trabalhar de forma independente;
  • Proficiência em pesquisa, avaliação e comunicação de dados;
  • Compromisso com o desenvolvimento profissional contínuo.

Responsabilidades de quem atua na área

O trabalho de um nutricionista varia dependendo do tipo de atuação que ele escolher ter, podendo ser na ciência, saúde pública, nutrição alimentar, nutrição esportiva, trabalho voluntário em comunidades, entre outras.

No entanto, apesar das tarefas variarem de acordo com a posição exata, elas incluirão algumas das seguintes necessidades:

  • Criar, entregar e avaliar uma série de iniciativas práticas e educativas, baseadas em alimentos para encorajar mudanças de estilo de vida saudável;
  • Apoiar as pessoas, as comunidades e o trabalho, fazendo mudanças positivas e práticas nas suas escolhas alimentares e na saúde em geral;
  • Aconselhar profissionais do esporte sobre como a dieta pode otimizar seu desempenho, melhorar a recuperação de lesões e atingir o tamanho corporal ideal, construindo-se bem para o seu esporte;
  • Fazer apresentações e oficinas sobre áreas de educação e promoção da saúde, mudanças comportamentais e de estilo de vida, controle de peso e alimentação;
  • Fornecer informações nutricionais para a produção de alimentos e ajudar a obter ingredientes não prejudiciais para a composição dos mesmos;
  • Desenvolver e analisar menus, como, por exemplo, para refeições escolares, times, pessoas com dietas restritivas, restaurantes corporativos, etc.;
  • Fornecer aconselhamento especializado sobre alimentação saudável a determinados grupos de pacientes, como lactantes, crianças ou idosos, além de trabalhar em áreas específicas, como saúde óssea e redução de sal ou açúcar;
  • Criar literaturas, pesquisas de mercado e pesquisas de produtos;
  • Desenvolver relatórios e publicar artigos;
  • Realizar pesquisas dietéticas, pesquisa de alimentos e ensaios clínicos.

Como vimos, as responsabilidades e formas de atuação para as pessoas que fazem o curso de nutrição são realmente muito vastas. E ainda temos muito mais!

Áreas de atuação desses profissionais

Após a formação adequada em um bom curso de nutrição, o bacharel estará apto a enfrentar o mercado e escolher em que área desejará atuar e se especializar.

Nesse ponto, o nutricionista pode escolher trabalhar de forma independente ou dentro de uma empresa específica da área, caso já esteja estagiando em uma empresa do seu interesse.

A direção que sua carreira tomará depende de seus interesses individuais. Nutricionistas podem trabalhar em uma série de áreas, incluindo nutrições alimentares, alimentações coletivas, nutrições clínicas, saúde coletiva, docência, indústrias de alimentos, nutrição para atletas e, até mesmo, marketing na área de alimentação e nutrição.

Dentro de pesquisa e docência, provavelmente, seu caminho seja muito semelhante ao de outros especialistas. Carreiras com doutorado podem incluir avanços maiores em pesquisa, como o de coordenação em institutos, órgãos públicos, entre outros.

Alimentação Coletiva

A alimentação coletiva é compreendida pelas empresas que prestam esse tipo de serviço, ou seja, restaurantes comerciais e similares, alimentação do trabalhador, atividades próprias da alimentação escolar, cozinhas de estabelecimentos assistenciais de saúde, serviços de tripulação, serviços de buffet e alimentos congelados, hotelaria marítima, etc.

Nutrição Clínica

Essas atividades costumam ser realizadas nas centrais de terapia nutricional, em clínicas e hospitais, nos bancos de leite humano (como lactários), casas de repouso para idosos (especialmente em consultórios e ambulatórios), em spas e também em atendimentos domiciliares.

Saúde Coletiva

Para as atividades de saúde coletiva, a alimentação e nutrição são realizadas em conjunto com programas e políticas institucionais, como ações de vigilância sanitária e atenção básica.

Docência

A docência abraça todas as atividades de ensino e coordenação relacionadas à alimentação, como áreas de extensão e pesquisa sobre nutrição. Lembrando que, para ser docente, o profissional deve ter especializações, além de mestrado e, algumas vezes, doutorado.

Indústria de Alimentos

Para os profissionais que optam pela atuação nessa área, existe uma série de oportunidades disponíveis em todo tipo de indústria alimentícia. Essa, em especial, é uma área que forte crescimento hoje em dia, uma vez que as pessoas buscam sempre bons produtos que não agridam o organismo, mas que sejam benéficas.

Nutrição em Esportes

Na área de nutrição em esportes, temos as atividades relacionadas com a alimentação e a nutrição de atletas, profissionais ou não, como em academias, clubes esportivos e similares.

Marketing nas áreas de Alimentação e Nutrição

Por fim, temos as atividades de marketing nas áreas de alimentação e nutrição, que se refere às publicidades científicas relacionadas à nutrição e à alimentação. Em outras palavras, são normalmente profissionais de nutrição, mas que ficam responsáveis pelas relações públicas da empresa de alimentos, sendo aporte a essas empresas.

Depois de todas essas dicas, esperamos que você tenha se identificado ainda mais com a área e busque um curso de nutrição para se especializar. Mas para você que ainda está em dúvida sobre a importância de um curso de graduação para seu futuro, preparamos um outro post todo especial sobre o assunto. Acompanhe e até a próxima!

Sobre carlos.camara

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *