Vale a pena mudar de cidade para fazer um curso superior?

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Formar-se no ensino médio significa começar uma fase da vida cujas possibilidades são, ao mesmo tempo, assustadoras e empolgantes. Afinal de contas, trata-se do encerramento de um ciclo e dos primeiros passos da vida adulta. As escolhas ganham mais peso, e o jovem começa a conquistar e sua independência e a construir uma carreira.

Com a possibilidade de ingressar em qualquer universidade do país, é muito comum que as pessoas recém-saídas do ensino médio escolham estudar fora da sua cidade natal. Sair do aconchego do lar e ter de se virar  longe da casa dos pais é o preço que muitos escolhem pagar em troca de mais autonomia e de uma boa formação.

Ser dono das próprias decisões e fazer as suas próprias escolhas sem ter que dar satisfações a ninguém é uma ótima experiência. Mas não se iluda: liberdade sem responsabilidade vira um caos!

Neste post, vamos falar sobre os pontos que devem ser considerados para tomar a decisão de estudar em outra cidade. Afinal, vale a pena mudar de cidade para fazer um curso superior? Confira a resposta para essa pergunta a seguir:

As finanças e o curso superior em outra cidade

Mudar de cidade, é claro, implica em gastos. Você vai ter que pensar em:

  • alimentação;

  • aluguel;

  • materiais didáticos;

  • transporte;

  • entre outros aspectos.

Então, pesquise bastante sobre as melhores alternativas para poder levantar aquelas que vão se adaptar melhor ao quanto você pode investir, pelo menos no início.

Por exemplo: morar perto da universidade é a melhor forma de eliminar gastos com transporte. Em casos de renda mais baixa, sempre há bolsas e moradias estudantis oferecidas por universidades públicas.

Mas, o que a princípio pode significar uma despesa, também pode vir a ser uma fonte de renda. Isso porque sempre haverá também a possibilidade de conseguir um estágio ou emprego — o que, além de poder ajudar nas despesas, ainda é extremamente importante para a sua formação.

Por isso, ao escolher seu curso superior em outra cidade, também leve em conta os seguintes pontos:

As oportunidades de trabalho na cidade

Pensando na importância do estágio tanto para a sua formação quanto para a sua renda, pesquisar sobre as oportunidades de trabalho na nova cidade, dentro da área em que você pretende atuar, é fundamental.

Assim, ao optar por um local onde você sabe que existe demanda, as chances de se conseguir rapidamente um estágio ou até mesmo um emprego aumentam bastante.

O processo de autoconhecimento

Uma decisão como essa causa grande impacto no desenvolvimento pessoal. Pense bem: conhecer uma nova cidade, entrar em contato com uma cultura diferente da sua, conhecer novas pessoas, estabelecer relacionamentos inéditos… tudo isso resulta em um crescimento pessoal muito importante.

Até mesmo os momentos em que estará só vão ensinar muito sobre você mesmo. Aprender a se virar sozinho certamente vai desenvolver traços como:

  • autonomia;

  • proatividade;

  • segurança;

  • e capacidade de se organizar.

Essa características são coisas extremamente positivas e representam um aprendizado para toda a vida — ainda mais quando é o que procuram aqueles que podem te contratar, não é mesmo?

O desenvolvimento da autonomia

Morar fora e ter a experiência de viver sozinho em outra cidade pode ser visto com bons olhos pelos contratantes, uma vez que isso pode revelar bastante sobre você. Independência, desenvolvimento pessoal, habilidade para gerenciar tempo e organizar a vida e disposição para encarar novos desafios são pontos que podem contar ao seu favor na hora de uma entrevista de trabalho ou estágio.

E quem opta por fazer um curso superior fora da sua cidade natal tem grandes chances de desenvolver essas características.

A fase de adaptação

Esse período é crucial. Começos normalmente são mais difíceis, e o novo muitas vezes assusta. Sim, você vai precisar se enturmar, entender como se virar na nova cidade, cuidar da sua nova rotina e de você mesmo. Arrumar o seu quarto, fazer compras no supermercado, sentir saudade da sua família… tudo isso vai ser inevitável.

Mas, passada essa fase inicial, vai ser mais fácil lidar com a nova vida agora que você já pôde entender melhor como as coisas vão funcionar.

Não tem outra forma de conseguir organizar uma rotina na qual você consiga cumprir todas as tarefas sem ser por meio de um bom planejamento. Se antes as suas preocupações giravam em torno de estudar para prova ou escrever a sua parte do trabalho, agora outras também serão incluídas — desde a geladeira vazia até as contas de luz a serem pagas.

O contato com novas culturas

Nosso país é enorme e diverso — tanto que podemos falar em “culturas brasileiras” (isso mesmo, no plural!). Muitas vezes os estudantes buscam a experiência de intercâmbio como uma forma de adquirir bagagem e experiência. Mas quem disse que é preciso sair do Brasil para que isso se torne realidade?

Tire proveito de viver em um país do tamanho de um continente e faça um curso superior em algum lugar que te ofereça, além de oportunidades bacanas de estudo e trabalho, uma rica experiência cultural.

A resposta final

Não resta dúvidas de que a experiência de estudar e morar em outra cidade traz um crescimento pessoal único. Porém, é uma decisão que deve levar em conta fatores muito pessoais.

Quanto você pode investir, pelo menos até poder estruturar sua vida prática? Você está disposto a encarar os momentos difíceis, a saudade de casa, as responsabilidades? Sente que chegou a hora de conquistar a sua autonomia?

Essas são perguntas que só você pode responder. Mas se a sua decisão foi a de apostar em um curso superior em outra cidade, pode ter certeza de que os retornos — tanto profissionais quanto pessoais — serão fruto de um grande investimento em você mesmo.

Decidir fazer um curso superior em outra cidade é um grande passo, não é mesmo? Para ajudar ainda mais no seu planejamento, confira nossas dicas de como conciliar trabalho e estudo no dia a dia. Veja, também, quais são os cursos oferecidos pelo UniBH!

Sobre UniBH

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *